Logo do município


Projeto de Educação ambiental lança Campanha de recolhimento de óleo de cozinha
08/10/2021 16:57
Desde o mês de setembro, o acadêmico de Engenharia Ambiental, Fabrício Battistela, está desenvolvendo o Projeto de Educação Ambiental nas escolas municipais e atento às necessidades de aprendizagem dos alunos e com a conscientização sobre a importância de preservar o meio ambiente lançou a ideia para realizar a coleta de óleo de cozinha.
O projeto da Administração Municipal através da Secretaria de Educação e Cultura juntamente com a empresa Sebo Mariense, responsável pela coleta deste óleo usado, pois reutiliza o material para a produção de biodiesel. “A coleta acontecerá uma vez por mês ou conforme a necessidade, com pontos de coleta na Escola Primavera, Emei Mundo Mágico e em Campo do Meio na República da Colômbia”, explica Battistela.
De acordo com a assessora pedagógica da Smec Luciana Pressi Silvestri, “essa ideia tem como objetivo levar para as casas dos alunos novas práticas saudáveis de preservação e destinação correta de rejeitos, pois muitas famílias não sabem que este produto pode contaminar o solo”.
“O objetivo do projeto de coleta de óleo usado em conjunto o projeto de Educação Ambiental é promover o descarte correto destes materiais que são prejudiciais ao meio ambiente, quando dispostos em locais impróprios. Além, de beneficiar e incentivar toda comunidade sobre o descarte correto, conscientização e preservação do meio ambiente”, comenta Battistela.
Para o prefeito Alcenir Dalmago (PDT), “todas as ações que visem o bem-estar e boas ideias são incentivadas pela Administração, principalmente, quando como neste caso, introduz novos comportamentos e possibilita o destino correto dos resíduos”.
Além de ajudar a preservar o meio ambiente o descarte correto do óleo de cozinha levado nas Escolas contribuirá com estas, pois “a empresa que fará a coleta do material irá pagar pelo produto, conforme a quantidade e qualidade do mesmo, por peso. O valor ficará para a escola e será aplicado nos projetos e materiais pedagógicos necessários. Mas o grande ganho é a consciência ambiental que estamos enfatizando”, comenta Battistela.

DICAS PARA DESCARTAR O ÓLEO DE COZINHA CORRETAMENTE
- Deve ser armazenado em um recipiente com tampa. Você pode optar por uma garrafa PET ou uma embalagem de vidro.
- Manter esse recipiente em local seco e em temperatura ambiente, quando estiver cheio deve ser levado até uma das escolas municipais – Emei Mundo Mágico, Escola Primavera e Escola República da Colômbia;
- Nas escolas esse óleo será acondicionado em bombas oferecidas pela empresa e uma vez por mês estas bombas são recolhidas, mas a comunidade pode entregar em qualquer dia em horário de expediente e o seu recipiente será devolvido, este deverá ser descartado corretamente.

SAIBA MAIS:
O óleo de cozinha é um líquido usado principalmente para fritar alimentos em uma grande quantidade. Infelizmente, em muitos casos, esse óleo usado em residências, bares e restaurantes acaba sendo jogado no ralo da pia ou mesmo nos vasos sanitários. Outras pessoas já preferem colocá-lo em algum recipiente vedado e descartá-lo com o lixo orgânico comum.
Entretanto, todos esses métodos de descarte do óleo de cozinha usado são meios de contaminação do meio ambiente, podendo poluir as águas, o solo e até mesmo a atmosfera.
Ao ser despejado na pia ou no vaso sanitário, o óleo usado passa pelos canos da rede de esgoto e fica retido em forma de gordura. Isso é ruim porque atrai pragas que podem causar várias doenças, tais como leptospirose, febre tifoide, cólera, salmonelose, hepatites, esquistossomose, amebíase e giardíase. Essas doenças podem ser transmitidas para humanos e animais.
Além disso, esse óleo encrustado nos encanamentos dificulta a passagem das águas pluviais e causa o extravasamento de água na rede de esgoto e o seu entupimento, levando ao mau funcionamento das estações de tratamento. Por essa razão, faz-se necessário o uso de produtos químicos poluentes para desentupir essas instalações.
O óleo é menos denso que a água, ele fica na superfície dos rios e lagos, impedindo a entrada de luz e oxigênio. Isso causa a morte de várias espécies aquáticas.
Assista a um vídeo explicativo sobre a Campanha.

Foto e texto: Janine de Oliveira
Brasão rodape mobile
Prefeitura Municipal
de Gentil
CNPJ: 92.411.875/0001-02
Av. Vinte de Março, 1178, Centro - Gentil -RS
CEP: 99.160-000
(54) 3615.5210
pmgentil@pmgentil.com.br
Segunda a Sexta: 7h30 às 11h e das 13h30 às 17h
PREFEITURA MUNICIPAL DE GENTIL - Copyright 2017 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: ORANGE TECNOLOGIA PARA INTERNET