Logo do município


Projeto Abuso não é Brincadeira começará a ser trabalhado nas Escolas de Gentil
30/08/2021 15:17
O Projeto Abuso não é Brincadeira foi lançado em julho e nesta terça-feira, 31 de agosto, será realizada a primeira etapa de palestras e formações programadas para acontecer nas escolas. Segundo a assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação e Cultura Luciana Pressi Silvestri, “os professores serão os primeiros a receber informações para trabalhar com os alunos, após as palestras que realizaremos nas escolas, programadas para atender os diferentes públicos da educação. Organizamos um material de acordo com a faixa etária dos alunos. E conforme nossa reunião com todos os envolvidos pretendemos que este projeto se estenda ao longo dos anos, pois acreditamos que a informação é a melhor prevenção”.
Na programação da formação de professores está o lançamento do clipe da Banda Jovens Gentis com a música do projeto, Carinho de Verdade, como forma de envolver os jovens, “e levar uma mensagem de encorajamento às vítimas, para que busquem apoio e tratamento. Nem sempre poderemos impedir esse tipo de violência, mas precisamos tratar as vítimas da forma correta para que saibam que não estão sozinhas”, comenta Janine de Oliveira, coordenadora do Projeto.
Durante a formação as palestras serão as seguintes: O papel do Conselho Tutelar nos casos de Abuso Sexual contra crianças e adolescentes – Conselho Tutelar de Gentil; A PM e as ações em casos de abuso – Polícia Militar de Gentil; Papo de Responsa – Polícia Civil de Marau; A escuta especializada em casos de abuso contra menores – Psicóloga Daiane Pradegan e O trabalho em sala de aula e na escola com o material informativo – Folderes e Material de apoio – Secretaria Municipal de Educação e Cultura.
Considerando as estatísticas apenas 10% dos casos são notificados às autoridades, “desta forma de acordo com os dados do Conselho Tutelar, no período de 2016 a junho deste ano, foram registrados 07 casos, podemos considerar que no mesmo período possam ter acontecido 70 casos de abuso a crianças ou adolescentes. A grande maioria não é notificado ou denunciado e essa realidade assusta considerando a população do município”, considera Janine.
E essa não é apenas uma preocupação municipal, conforme dados do Relatório das Nações Unidas, cerca de 1 bilhão de crianças no mundo são vítimas da violência todos os anos e ainda sugere que países estão falhando na proteção dos menores.
Para o prefeito Alcenir Dalmago (PDT) embora o assunto seja ainda um tabu precisa ser trabalhado nas escolas e na comunidade. “Esse projeto tem a função de levantar esse tema da forma correta, com informações e envolvendo as entidades e pessoas que podem auxiliar às vítimas, além de servir como prevenção, pois professores e familiares estarão alertas aos sinais apresentados pelas crianças e adolescentes”.
O projeto é uma iniciativa da Administração Municipal através da Secretaria de Educação e Cultura e conta com o apoio e participação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde, Brigada Militar, Polícia Civil, Escolas Municipais e Estadual.

Texto e foto: Janine de Oliveira
Brasão rodape mobile
Prefeitura Municipal
de Gentil
CNPJ: 92.411.875/0001-02
Av. Vinte de Março, 1178, Centro - Gentil -RS
CEP: 99.160-000
(54) 3615.5210
pmgentil@pmgentil.com.br
Segunda a Sexta: 7h30 às 11h e das 13h30 às 17h
PREFEITURA MUNICIPAL DE GENTIL - Copyright 2017 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: ORANGE TECNOLOGIA PARA INTERNET