Logo do município


Projeto Abuso não é brincadeira foi lançado na manhã desta terça-feira
27/07/2021 14:38
O projeto Abuso não é brincadeira foi lançado na manhã desta terça-feira, 27 de julho, na Prefeitura Municipal de Gentil. Desta forma, através da Secretaria Municipal de Educação e Cultura, com apoio e participação do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (Comdica), Conselho Tutelar, Secretaria Municipal de Assistência Social, Secretaria Municipal de Saúde, Brigada Militar, Polícia Civil, Escolas Municipais e Estadual pretendem orientar sobre o abuso na infância e adolescência como ele ocorre e quais são as formas com o objetivo principal de informar a toda a comunidade para que busque apoio e denuncie os casos.
Conforme a coordenadora do projeto, Janine de Oliveira, “ainda existem mitos e tabus com respeito a este assunto e a intenção é informar cada vez mais, uma vez que este é um problema silencioso com consequências sérias para as vítimas. E somente unindo forças, conhecimento e trabalhando em rede poderemos atender as vítimas e fazer os encaminhamentos necessários”.
Segundo dados do Conselho Tutelar foram registrados 07 casos de 2016 a junho de 2021, destes apenas 01 foi confirmado. “Considerando o fato de que pesquisas afirmam que apenas 10% dos casos são notificados às autoridades, podemos considerar que no mesmo período possam ter acontecido 70 casos de abuso a crianças ou adolescentes”, afirma Janine.
Na reunião estiveram presentes os representantes das entidades e setores envolvidos para debater o formato e as ações do Projeto. Para a assessora pedagógica da Secretaria Municipal de Educação, Luciana Pressi Silvestri, “com o objetivo de alertar, desmistificar, informar e orientar sobre o abuso sexual na infância e adolescência, como forma de coibir e manter a população informada sobre como identificar, quais são os procedimentos, como denunciar a as consequências desta violência. Sugiro que esta Rede de Apoio continue trabalhando este assunto, que o projeto seja retomado nos próximos anos, pois é um assunto que deve ser trabalhado junto às escolas, com as famílias e a comunidade”.
Serão feitos panfletos explicativos para serem entregues aos alunos, conforme o nível de ensino, “temos que adequar a linguagem para os diversos públicos que queremos atender e fazer com que aos poucos modifiquemos a cultura do silêncio com relação a violência sexual. Esse material informativo também pode ser entregue pelos nossos agentes de saúde, que vão em todas as casas, quanto mais pessoas atingirmos com as informações melhor”, comenta a secretária de Saúde, Rejane Borça de Oliveira.
Dentre as principais ações do projeto estão as palestras para os alunos das Escolas Municipais e Estadual, formação para os professores e em um momento oportuno uma conversa com os pais e familiares também, considerando evitar a aglomeração durante a pandemia. “É importante que os professores saibam como identificar e encaminhar as suspeitas, pois é na escola que muitas coisas são percebidas, torna-se importante esse olhar da educação neste assunto”, considera a diretora da Escola Municipal de Ensino Fundamental Primavera, Saionara Moterle Tonin.
“A Brigada Militar apoia o projeto e se dispõe a fazer um trabalho educativo e preventivo, queremos que a comunidade confie em nosso trabalho e que os alunos estejam mais próximos da polícia. Sempre que houver alguma suspeita nos comuniquem para que possamos agir conforme cada caso necessita”, enfatizou o comandante da Brigada Militar de Gentil, Renato Gomes da Rosa.
A Banda Jovens Gentis, projeto da Smec, também irá dar a sua contribuição com o projeto. “Lançamos este desafio aos alunos e professores da banda para ensaiar uma música que será tema do projeto, eles aceitaram o desafio, nos auxiliarão na divulgação e nas palestras incentivando que todos abracem essa causa”, conta Janine.
“Essa união de várias forças e segmentos é o que vai garantir atingirmos o nosso objetivo, que é promover a educação, a saúde e auxiliar as nossas crianças e adolescentes que passam por essa violência cruel. Hoje iniciamos um projeto que deve continuar e mobilizar mais pessoas para contribuir com pequenas, mas necessárias mudanças”, comenta Luciana.

Texto e fotos: Janine de Oliveira
Brasão rodape mobile
Prefeitura Municipal
de Gentil
CNPJ: 92.411.875/0001-02
Av. Vinte de Março, 1178, Centro - Gentil -RS
CEP: 99.160-000
(54) 3615.5210
pmgentil@pmgentil.com.br
Segunda a Sexta: 7h30 às 11h e das 13h30 às 17h
PREFEITURA MUNICIPAL DE GENTIL - Copyright 2017 © Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: ORANGE TECNOLOGIA PARA INTERNET